Connect with us

TV

Estrela retorna ao SBT para liderar telejornal

Published

on

(Créditos: Reprodução)

Na última terça-feira (7), o SBT oficializou a contratação de Daniel Adjuto como âncora do SBT Brasília, marcando seu retorno à emissora. A partir do próximo mês, o renomado jornalista assumirá as rédeas do telejornal, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 11h30. Sua presença promete enriquecer ainda mais a equipe. Agregando sua marca e reputação à atração voltada para cobrir os acontecimentos mais relevantes do Distrito Federal.

Aos 34 anos, Daniel Adjuto, graduado em Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB), tem uma trajetória sólida na mídia. Sua jornada no SBT teve início em 2012, quando ingressou como produtor e repórter do SBT Brasília, destacando-se posteriormente em coberturas do Judiciário e da Operação Lava Jato. Sua ascensão na emissora foi notória, tendo comandado inserções ao vivo no SBT Manhã a partir de junho. Em 2017, foi incorporado à escala de apresentadores eventuais do SBT Notícias e, no ano seguinte, entrou para o rodízio do SBT Brasil.

Daniel Adjuto voltou ao SBT (Créditos: Redes sociais)

Daniel Adjuto voltou ao SBT (Créditos: Redes sociais)

No entanto, sua carreira também o levou a novos horizontes, culminando em sua passagem pela CNN Brasil a partir de dois anos depois. Durante sua estadia na rede de televisão, Adjuto atuou tanto em São Paulo quanto em Brasília, ocasionalmente assumindo o papel de âncora no Jornal da CNN. No entanto, em 2022, foi desligado do canal de notícias, uma reviravolta que o levou a integrar o quadro de funcionários da TV Justiça, exercendo as funções de âncora e repórter.

Agora, seu retorno ao SBT para liderar o SBT Brasília representa não apenas uma volta às raízes, mas também uma oportunidade para continuar sua jornada profissional em uma nova fase. Trazendo consigo a expertise adquirida ao longo dos anos e consolidando sua posição como um dos nomes de destaque no jornalismo brasileiro.

Motivo do SBT não reprisar Chiquititas de 1990

Em suma, um dos maiores sucessos na dramaturgia do SBT, e sendo a primeira versão da história no Brasil no final da década de 90, Chiquititas registrou ótimos índices de audiência e revelou vários atores, que tornaram-se consagrados anos depois.

Apesar de todo o estardalhaço da época, a trama infantojuvenil só voltou ao ar em uma oportunidade, entre 2004 e 2005, e tendo tido apenas a primeira temporada reprisada. Mas por que o folhetim não ganha mais uma oportunidade?

Advertisement

“Porque fez uma nova versão. Então, usa esse material”, explicou o jornalista José Armando Vannucci, no canal No Play News pelo Youtube. A saber que por conta da tecnologia de imagem. A preferência é sempre do conteúdo mais recente.

Entre 2013 e 2015 a direção do SBT fez um remake da novela e conquistou o público infantil mais uma vez. De Íris Abravanel, o folhetim teve 545 capítulos e ficou no ar por mais de dois anos. Essa já foi reprisada por três vezes na programação da emissora.

Comente com seu Facebook:

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *