Connect with us

Novelas

Globo corta capítulos de ‘Alma Gêmea’ e elimina protagonista

Published

on

Globo corta capítulos de 'Alma Gêmea' e elimina protagonista
(Créditos: Divulgação)

Na tentativa de ajustar a reprise de “Alma Gêmea” para encaixar-se na programação junto com a reta final de “Paraíso Tropical”, a TV Globo realizou cortes significativos que impactaram diretamente o desenrolar da trama e a introdução de personagens-chave.

Um dos principais efeitos colaterais dessas edições foi a ausência de uma apresentação adequada da protagonista Serena (interpretada por Priscila Fantin). Originalmente, Serena deveria ser introduzida logo no primeiro capítulo, após a morte de Luna (interpretada por Liliana de Castro). No entanto, devido aos cortes, o primeiro capítulo ainda não foi completamente exibido, deixando os espectadores sem a devida contextualização.

As cenas transmitidas recentemente mostraram apenas uma parte do primeiro episódio, terminando com Rafael (interpretado por Eduardo Moscovis) exibindo a rosa que criou para a bailarina, sem dar espaço para a apresentação de Serena. Se os cortes não forem ainda mais drásticos, está previsto que Luna morrerá em um assalto planejado por Cristina (interpretada por Flávia Alessandra), e imediatamente reencarnará como Serena em uma aldeia no Mato Grosso do Sul.

Fique por dentro:

A entrada de Serena na trama estava prevista para o segundo episódio, onde ela seria formalmente apresentada após uma passagem de tempo. No entanto, essa transição para o novo estágio da história só deve acontecer a partir da próxima semana, se não houver mais cortes.

Os ajustes na programação já eram esperados, considerando a estratégia da Globo de reduzir o tempo de exibição das suas reprises. No entanto, a falta de sincronia entre “Paraíso Tropical” e “Alma Gêmea” tem gerado críticas por parte do público, que expressou sua insatisfação nas redes sociais. Além disso, o descontentamento foi evidenciado pela fragmentação do primeiro capítulo de “Alma Gêmea”, que foi dividido em três partes e transmitido em horários variados, o que acabou prejudicando a experiência dos telespectadores.

Advertisement

Diante das reclamações nas redes sociais, como expressado por Bruna e Ana, fica evidente que os cortes e a falta de sincronia na programação têm afetado a qualidade da experiência televisiva dos espectadores.

Entenda qual história a novela Alma Gêmea conta

A trama envolvente de “Alma Gêmea”, escrita por Walcyr Carrasco, conquistou o coração dos telespectadores ao longo de suas duas décadas. A história se desenrola em dois períodos distintos, destacando o amor intenso entre o botânico Rafael (interpretado por Eduardo Moscovis) e a bailarina Luna (interpretada por Liliana Castro), no início dos anos 1920.

Em um romance que transborda paixão, Rafael e Luna se unem em matrimônio e dão vida a um filho, despertando inveja em Cristina (interpretada por Flávia Alessandra), a governanta que nutre um desejo obsessivo por Rafael e almeja o lugar de Luna em sua vida. A trama se intensifica quando Luna herda as preciosas joias de sua avó, Adelaide (interpretada por Walderez de Barros), deixando Cristina ainda mais determinada a tomar o que considera seu.

Cena da novela Alma Gêmea da Rede Globo (Créditos: TV Globo)

O gesto romântico de Rafael, ao nomear uma rosa branca em homenagem a Luna, desencadeia uma série de eventos trágicos, quando Cristina, auxiliada por seu cúmplice, Guto (interpretado por Alexandre Barillari), arquiteta um assalto para roubar as joias durante a primeira apresentação de Luna como bailarina principal.

O destino cruel intervém quando Rafael e Luna são confrontados pelos assaltantes, resultando em um ato heróico de Luna para salvar seu amado, custando-lhe a própria vida.

Anos mais tarde, em uma reviravolta surpreendente, Luna reencarna como Serena (interpretada por Priscila Fantin), filha de uma índia e um garimpeiro, enquanto Rafael, mergulhado na dor do luto, se torna um homem marcado pela amargura.

Advertisement

Então, saiba mais:

O encontro entre Serena e Rafael, marcado por um sinal de nascença idêntico ao local onde Luna foi fatalmente ferida, leva-os a uma jornada de redescoberta e amor, mostrando que os laços do destino transcendem o tempo e a mortalidade.

Por fim, “Alma Gêmea” cativou o público com sua narrativa envolvente, explorando temas como amor, destino e redenção, provando que o verdadeiro amor pode superar até mesmo as barreiras da vida e da morte.

Comente com seu Facebook:

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *